Posts

Praia, sol, Rio de Janeiro. Uma ótima combinação para tomar um banho de mar. Mas você entraria na água sabendo que provavelmente vai pegar alguma doença? Essa é a situação que a Baía de Guanabara deve oferecer aos atletas e turistas que virão para as Olímpiadas Rio 2016.
O acesso ao saneamento básico é fundamental para garantir a qualidade de vida de cada cidadão. Melhora da saúde pública, prevenção de doenças, economia de gastos. A expansão da rede de esgotos é essencial para o desenvolvimento da população e do país.

A falta de uma rede de saneamento gera diversos problemas, especialmente na área de Saúde Pública. Todos os anos, mais de 200 mil pessoas se afastam de seus postos de trabalho por apresentarem problemas de saúde provocados pela falta de saneamento. Esses afastamentos geram um prejuízo de mais de R$ 230 milhões às empresas e aos cofres públicos, além dos gastos com medicamentos e internações em hospitais.
Para saber o quanto pode gastar durante o mês, é importante saber quanto dinheiro você terá em mãos na hora de pagar as contas, ou você pode acabar gerando dívidas sem ter como pagá-las.
Todos os anos, o governo faz uma previsão da quantidade de recursos que vai receber e baseia os seus gastos nesses valores. Se a previsão estiver errada, o Estado pode acabar gastando mais do que realmente tem. Por isso, é essencial que as estimativas estejam próximas dos valores reais.


As Olimpíadas Rio 2016 são o tema do programa #EuFiscalizo n°7.

Em sua edição de julho, o programa apresenta informações sobre o desenvolvimento das obras, as dificuldades encontradas e os benefícios que serão trazidos pelos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos para o país. 
http://portal3.tcu.gov.br/portal/pls/portal/docs/2703845.PDF
Para ter bons serviços prestados nos postos de saúde, atendimento hospitalar de qualidade e para receber ações de prevenção a doenças, a população deve participar do controle social na área de saúde. Mas como você pode fazer isso?

O TCU

O Tribunal de Contas da União é o órgão responsável por fiscalizar a utilização dos recursos públicos federais. Essa atividade é chamada de controle externo e tem o objetivo de garantir que o dinheiro público seja realmente aplicado em benefício da sociedade.

Pesquisar

Labels